Produtores pernambucanos investem numa alternativa para aumentar a produção de etanol



É o Sorgo Malibu, uma rentável opção na produção de etanol que pode crescer entre os produtores pernambucanos. Cultivado como complemento da cana-de-açúcar na produção de etanol, o sorgo Malibu vem sendo considerado uma solução bastante interessante para a produção de biocombustíveis e é uma excelente opção para suprir a demanda do mercado sucroenergético do Nordeste, principalmente em Pernambuco.

O Sorgo Etanol Malibu é comercializado pela Nexsteppe, empresa dedicada ao desenvolvimento pioneiro de matérias primas sustentáveis para as indústrias de bioenergia, biocombustíveis e bioprodutos. Ele também pode ser cultivado em áreas de renovação de canavial e em áreas de rotação de culturas sendo uma opção para início de safra. É possível colher o sorgo dentro de um período de 90 a 110 dias após plantado fazendo com que os primeiros canaviais fiquem um período maior no campo acumulando açúcares. Dessa maneira garante-se o recebimento da cana com maior qualidade de matéria prima e melhores resultados na produção de etanol.

Por ser uma cultura de rápida colheita, o Sorgo Etanol aumenta o volume de matéria prima para a produção de etanol, diluindo os custos fixos e podendo ser cultivado durante a safra ou em condições de irrigação. Esta matéria prima garante também que fornecedores de cana próximos à usina possam cultivar sorgo para fornecer às indústrias mediante contrato de fornecimento com preço estipulado em toneladas / hectare, complementando seus rendimentos durante este período e fazendo com que as usinas consigam chegar ao seu volume máximo de produção.

Fonte: http://nordesterural.com.br/produtores-pernambucanos-investem-numa-alternativa-para-aumentar-a-producao-de-etanol/

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailfacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

 

Publicado em Fevereiro de 4th, 2016 em Categories: noticias Comments: Comments Off


Sem Comentários